Follow by Email

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Carta de Repúdio



CARTA DE REPÚDIO

Os trabalhadores do sistema sócio educativo do Estado da Bahia, que atuam nas comunidades de atendimento das CASES CIA e SALVADOR, vêm através deste documento repudiar e retratar quanto algumas questões e atitudes de alguns dirigentes do Sinda-Ba. Ocorre que fica muito fácil nos filiar a um sindicato compulsoriamente, desenvolver algumas ações que nós estimulamos a este a reivindicar. Já que se diziam ser o nosso representante e que em seu quadro de direção acomodavam representantes da nossa classe. Tivemos a oportunidade de termos um representante frente ao Sindap-Ba que de alguma forma possui um entendimento sobre o nosso labor e a funcionalidade de nosso sistema sócio educativo, estão sendo veiculadas colocações absurdas que levaram nosso próprio patrão a duvidar da capacidade representativa deste sindicato. Sendo que agora diante de tantas ocorrências e fatos passados e que chegaram ao nosso conhecimento, não nos restam duvidas que está entidade sofre de alguns males impossível de ser sanado pelo melhor dirigente que ela tenha. Aproveitando fazemos repudio ao modo desrespeitoso e covarde que alguns integrantes da direção agiram diante do atual presidente Carmelo Suzarte, que lutou em pro da categoria, este sempre atuou e mostrou garra e vontade de trabalhar, com uma só finalidade que é a do trabalhador, assim como parte dos diretores que compõe a atual diretoria e fazem parte do sistema sócio educativo. Não há razões para qual tamanha retaliação e perseguição, pois sindicato não é casa de ninguém é sim, o reduto do trabalhador. A forma de gestão que é adotada por alguns membros da diretoria vai de afronto com a ética profissional do atual gestor da instituição aclamada pela categoria pela sua luta, porém pelo simples ato de ter solicitado esclarecimentos na prestação de contas e fosse cumprido o Estatuto, o mesmo sofreu de imediato o boicote em sua administração e foi solicitada a sua exclusão desta entidade. Sendo assim, exigimos que nos respeite pelo menos como cidadão. Logo assim, fica demonstrado a falta de compromisso de alguns diretores na ética e nas leis estatutárias com os trabalhadores das CASES, prontamente, estamos encaminhado esta carta de repúdio juntamente com um abaixo assinado, como prova da manifestação e adesão ao repúdio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário